Assinatura RSS

Right as Rain

Finalmente posso dizer que a temporada dos títulos em letras maiúsculas se foi. E desta vez não houve aumento de peso ou lágrimas, acredito que com o aumento da freqüência com que isso acontece, conseguimos descobrir um pouco mais sobre quem realmente somos. Foram apenas duas semanas nesta situação até que transferi toda a aura de angústias para os ombros de outra pessoa e espero que ela me ajude a lidar com isso. Eu que usualmente reclamava por estar cansado, me renegarei a esperar. Esta é a oportunidade certa de agir.

Posso não estar usando a pontuação corretamente, mas com toda essa variação de humor constante, provavelmente daqui a alguns dias já vou olhar esta postagem com maus olhos, como olhei as que escrevi nos últimos quatro dias e as apaguei. Esta é a média, a conciliadora de todas, para que de alguma forma eu transmita algo para quem lê Almas Mortas. Transmitir o que? Para ser mais específico, deixá-los a parte de que talvez este exército de fantasmas, idêntico ao do livro homônimo em sua passividade, parta finalmente sem seu dono. Abandonei por tempo demais os meus princípios primordiais. Moldei-se muito às necessidades e só consegui estas memórias pequenas que me enchem agora, mas que dias depois não vejo valor.

Sabes, moldar-se é fácil, o que você tem que fazer é esquecer seus sonhos e acatar as decisões imbecis da maioria. Você, agindo em grupo, pode ser mais bem quisto por este grupo do qual faz parte, aumentando suas relações e sua posição na escala irreal que comanda, mas sua consciência grita toda noite dizendo que aquele não é você. Realmente, perdi-me e não soube mais quem eu era. Acordei desse torpor relembrando-me das coisas que costumava dizer que faria quando era criança e que ainda não cumpri. Agora tento reparar a homogeneização a qual sofri conscientemente. Só de pensar nesse ciclo se fechando novamente sinto medo. Medo da canção de mim mesmo e o rumo que ela me guiará.

Acordar desta maneira é fantástico. A quantidade de energia e a força que parecem estar a minha disposição no momento fazem da relva na qual vivo um canteiro para as bases de um futuro no mínimo animador. Estou mudando mais uma vez, voltando atrás segundo alguns que costumeiramente liam Ele Não Disse Isso, mas agora o objetivo é crescer, amadurecer com o decorrer do tempo. Reinventando-me mais uma vez. Também odeio a passagem de muito tempo em tão poucas frases promovedoras de uma utopia, mas percebi que não sou vago quanto a opiniões, percebi que sou forte e que quero ser tão certo quanto a chuva o é.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: